Image Alt

O corpo fala: sinais de que você deve investir em correção postural

Manter uma postura correta e as costas alinhadas faz bem – e isso todo mundo já sabe. Mas a verdade é que, em um dia cheio de afazeres, fica cada vez mais difícil seguir essa máxima.

Ficar oito horas por dia em frente ao computador ou mesmo fazendo movimentos repetitivos, a depender da profissão exercida, além de se encurvar para olhar o celular e não fazer atividades físicas, costuma trazer uma série de incômodos – o que pode comprometer a postura e demandar um tratamento mais eficiente.

Segundo a Organização Mundial da Saúde, 85% da população mundial sofrem de dores nas costas. Por isso, atentar-se à postura é mesmo fundamental!

Abaixo, selecionamos alguns sinais que você deve ficar atento, consequências da falta de educação postural. Confira:

  1. Dores

O primeiro sinal de que algo não vai bem com a sua postura são as dores. Elas podem acontecer do pescoço até a lombar, dependendo de como você se posiciona na maior parte do dia. Lembre-se de que ter dor não é normal e este é um alerta do corpo sobre algo que não vai bem;

2. Lesões

Dependendo da profissão que você exerce, é possível que você eventualmente tenha alguma lesão. Pessoas que passam o dia inteiro em pé com uma má postura, ou com o pescoço sempre fletido – como uma costureira ou alguém que analisa lâminas em microscópio – podem trazer o desenvolvimento de hérnias de disco;

3. Barriga saliente

Projetar a barriga sempre para a frente por conta da má postura pode fazer com que a área fique mais saliente – causando flacidez abdominal. Quando mantemos uma posição corcunda, automaticamente essa projeção acontece. Por isso, é importante ficar atento!;

4. Fadiga

Pode parecer improvável, mas a falta de educação postural pode impactar até mesmo nos seus níveis de energia. Manter-se alinhado apoia sua concentração e a forma como você rende no trabalho, impedindo que seus músculos entrem em fadiga;

5. Cefaleia tensional

Muitas vezes as dores de cabeça também têm início em uma postura inadequada. Isso porque a tensão muscular causada pelo mau alinhamento das costas cria incômodos diretamente no pescoço e, consequentemente, na cabeça;

6. Dores na área central das costas

Quando ficamos muito tempo parados ou com a curva dorsal acentuada por muito tempo, podemos ter dores na área central e traseira da coluna;

7. Cifose

Também conhecida como corcundez, a cifose é mais comum em pessoas idosas – principalmente naquelas que sofrem de osteoporose. O sedentarismo é um fator agravante nesses casos;

8. Problemas de sono

A qualidade do sono também pode ser impactada por uma postura ruim. Quando não conseguimos relaxar e encontrar uma posição ideal, fica difícil ter uma boa noite de descanso. Por isso, é preciso se atentar ao alinhamento da coluna também na hora de dormir.

Afinal: como cuidar da postura?

Se você identificou que precisa cuidar melhor da sua postura, comece o quanto antes! Um tratamento iniciado no momento certo pode te poupar de muitas dores e incômodos ao longo da vida e, neste sentido, uma fisioterapia postural é a melhor maneira de começar.

O objetivo da reeducação da postura é tratar distúrbios de natureza musculoesquelética – buscando o alinhamento da coluna e o conforto do paciente, que deve se ver livre de dores.

Para isso, o fisioterapeuta deve aplicar exercícios e técnicas de movimentação, com atenção especial ao histórico da pessoa, seus hábitos e a ocorrência pregressa de lesões. Dessa maneira, ele pode instituir a melhor terapia, entendendo se é preciso apostar em um fortalecimento, recuperação ou realinhamento.

Entre as técnicas mais conhecidas da fisioterapia postural está o RPG – Reeducação Postural Global, que utiliza faixas elásticas, bolas, halteres, maca e outros objetos para auxiliar o paciente a realizar exercícios de grande relevância clínica.

Para entender o que realmente seu corpo precisa e livrar-se das dores de uma vez por todas, não deixe de procurar um profissional capacitado para avaliação e fique atento no seu dia a dia! Afinal, a educação postural também começa quando nos atentamos à maneira que estamos nos posicionando em casa.

Deixe um comentário: