Image Alt

Conheça 5 alimentos e outros segredinhos que te ajudam a manter a definição muscular

Você provavelmente sofreu algum impacto físico durante a pandemia. Durante os últimos meses, um novo estilo de vida foi imposto pelo distanciamento social – e a limitação para atividades normais como uma corrida no parque, um treino na academia ou até mesmo uma leve caminhada com o cachorro se tornou algo recorrente.

Tantas novidades fizeram com que muitas pessoas ganhassem ou perdessem peso inesperadamente. Foi preciso adaptar a rotina para manter hábitos saudáveis e, mesmo para aqueles que entraram na pandemia com o corpo que sempre quiseram, a preocupação com a manutenção da definição muscular chegou para ficar.

Por isso, se você vinha em uma ótima rotina de treinos e agora está preocupado em manter a forma em meio a tantas limitações, separamos a seguir alguns alimentos que não podem ficar de fora da sua dieta. Depois, também revelamos um segredo que pode se tornar um ótimo aliado para alcançar suas metas durante essa jornada do bem-estar. Confira:

TOFU

Pode ser que você não conheça ou ainda não tenha provado esse alimento tão popular na cultura oriental, mas saiba que este queijo à base de soja é uma potência quando falamos de índice proteico. O tofu é uma ótima fonte de cálcio – mineral importante para músculos, ossos e tecidos. Além disso, é rico em isoflavona, estrógeno que contribui para o controle hormonal e evita o acúmulo de gordura.

No dia a dia, ele pode ser consumido puro ou ainda em receitas criativas e super adaptáveis, como saladas, massas, doces, sopas, bolinhos e muito mais. Vale a pena dar uma chance!

QUINOA

Já queridinho entre os adeptos a dietas, a quinoa é uma das fontes mais poderosas de proteína vegetal. Por ser um alimento pobre em gorduras, não possui colesterol e proporciona um alto nível de saciedade – o que acaba sendo uma ótima saída para a inibição daquela fome fora de hora.

Além de ser utilizada em saladas, como é mais comumente vista, a quinoa pode ser consumida cozida, como se fosse um arroz, ou em receitas mais elaboradas – como farofa, crosta de peixe, em meio a cookies e bolos, entre outras possibilidades.

PERU

A carne de peru é isenta de gordura saturada e, por isso, pode ser uma ótima aliada para quem não abre mão de uma proteína animal, mas busca um ganho de definição muscular.

Além de não oferecer níveis altos de gordura, o peru traz consigo uma carga de proteínas adequada para aqueles que não querem perder massa magra.

A carne pode ser utilizada em sanduíches, estrogonofes, massas, como acompanhamento e muito mais.

BRÓCOLIS

Nem todo mundo é fã número 1 de brócolis, mas a verdade é que essas arvorezinhas são aliadas primordiais da dieta. Rico em fibras solúveis, o alimento possui pouquíssimas calorias e pode fazer uma diferença e tanto nas refeições do dia a dia.

Por ter um corpo mais sólido e consistente, o brócolis tende a criar volume na refeição e aumentar a saciedade – sem que a alimentação se torne prejudicial por isso. O legume possui ainda ótima quantidade de ácido fólico, cálcio e outras vitaminas, além de baixa quantidade de carboidratos.

Ele pode ser cozido de maneira simples, com sal, ou ainda ser incorporado a outras receitas, gratinado, como recheio ou mesmo em pedaços. Com criatividade, o brócolis tem tudo para conquistar sua cozinha! 

AVEIA

A aveia é uma forte aliada da definição muscular e manutenção da massa magra pois, por ser um carboidrato de baixo índice glicêmico e fonte de proteína, fornece energia e disposição para encarar o dia.

De acordo com estudos, o cereal também contribui para o controle das taxas de açúcar e colesterol, além de proporcionar saciedade por um bom tempo. Por isso, ela pode ser consumida como um pós treino funcional, misturada com leite, em cima de frutas frescas, ou mesmo no café da manhã e lanche da tarde.

Sejam quais forem suas escolhas, não esqueça de consultar o seu nutricionista para um ajuste fino na sua dieta. Assim, você mantém a definição muscular, não perde massa magra e adapta melhor a rotina diante das limitações que estamos vivendo nos dias de hoje. 

Mas afinal: como incentivar a definição muscular em tempos de restrição social?

É claro que a alimentação é o alicerce principal para manter o peso – além de exercícios físicos regulares. Combinar treinos aeróbicos com musculação ajuda na ativação da queima de gordura e impede a perda de massa magra. E é por isso que manter a regularidade quando o assunto é se exercitar é tão importante!

Mas para além de atividades e manutenção da rotina, existem também algumas opções para quem deseja ir além na definição muscular.

Uma delas é o Emsculpt, aparelho que tonifica e define os músculos dos glúteos e barriga por meio de estímulos eletromagnéticos de alta intensidade em campo fechado. Com ele, é possível realizar cerca de 20.000 contrações em 30 minutos de sessão, de forma intensa e localizada.

Por se tratar de uma terapia não invasiva e especialmente desenvolvida para hipertrofia e definição muscular, o Emsculpt pode ser uma ótima maneira de manter e melhorar a silhueta em combinação com a sua rotina regular. Para saber mais sobre ele, é só clicar aqui!

Com a união ideal de alimentação saudável e direcionada, exercícios regulares e os melhores protocolos estéticos disponíveis, manter o shape pode estar mais perto do que você imagina!





Deixe um comentário: